Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Budapest
10-agosto-2004, 3:39
Filed under: Livros

Estou devendo essa resenha desde a semana passada. Budapest é, em suma, um livro bastante chato. A primeira metade dele é simplesmente insuportável, mas, como sou um leitor que não consegue deixar um livro pela metade, tive que terminá-lo… na segunda metade ele fica até suportável.

É um livro repleto de clichês, de sacadas machistas, de estereotipagem de mulheres (só não darei os exemplos para não estragar o livro pra quem ainda não leu). A narrativa é até um pouco inteligente, mas não passa de prepotência do autor, um certo músico que tem fama demais pro meu gosto.

Não recomendo este livro a ninguém. Se você for uma daquelas pessoas que simplesmente a-d-o-r-a o Chico Buarque, então leia. Mas depois não vem reclamar que o livro é chato.

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

muito massa!
pow
emo!……

Comentário por pitty




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: