Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Meliantes donos da rua
28-julho-2005, 4:45
Filed under: Diatribes

O que há com os flanelinhas que acham que não só são donos das ruas, mas também se acham no direito de nos ameaçar para receber seu dinheiro antecipadamente?
Hoje em Ipanema, depois de estacionar, veio um rapaz pequeno, magricelo, me pedindo cinco – sim, CINCO – reais para que eu tivesse o prazer de parar o carro ao lado dele, sentado na grade da praça com seu *sotaque do Romário* ‘partheiro’. E se acham que o prelo abusivo foi o pior, não foi. Óbviamente.

O meliante desfarçado de flanelinha vem e me diz que só cobra tanto porque a Rocinha desce para quebrar os carros de Ipanema à noite, e pagar a mais pelo estacionamento é a única alternativa para se conseguir algum tipo de segurança, visto que o flanelinha, em tese, teria que pagar os bandidos para não quebrarem nada. Ora vejam só. Quanta coragem. O pequeno imbecil teve a audácia de me chantagear com a possibilidade de ter meu carro quebrado se não o pagasse.

Como podemos viver numa cidade assim? Onde qualquer um que se intale numa rua se sente no direito de estorquir e chantagear quem parar lá. E não existe o menor controle de qualquer tipo de autoridade para evitar tal abuso. É um total abuso.

Pior de tudo: paguei, claro, porque qualquer dano ao meu carro seria maior. Paguei três reais e saí com uma sensação de vitória. Patético.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: