Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Los Hermanos – 4
30-julho-2005, 4:38
Filed under: Música

É verdade. Eles se tornaram, sim, mais mpb. O que pode ser péssimo é amenizado pelo simples fato de que eles são muito, muito competentes no que se propõem a fazer.

‘4’ é um cd introspectivo, triste, melancólico… em muitas faixas muito belo. Essa tristeza é muito bem escrita e composta por Camelo, que a cada álbum torna-se melhor.

‘Horizonte Distante’ é a melhor música da história do rock nacional.

Quando achava que o Amarante era quem tinha os lampejos de brilhantia (‘Sentimental’ e ‘O Último Romance’ são, respectivamente, a segunda e terceira melhor música da história do rock nacional), Camelo, que era o mais coeso, mostra-se simplesmente genial. Depois de ‘Do Lado de Dentro’, do Ventura, com sua melodia linda e harmonia sensacional, ele aparece com ‘Dois Barcos’, ‘É de Lágrima’ e a antológica ‘Horizonte Distante’…

A opção por tirar os metais, tão presentes nos outros álbums, foi uma ótima escolha. Tornou o álbum mais difícil, mais sombrio, mais pesado. Ed Morelembaum, por mais que seja um cara totalmente mpb/bossa nova, deu uns toques geniais aos arranjos das músicas.

No geral, ‘4’ é excelente. Os Hermanos evoluem a passos largos. Barba deve estar cada vez mais deprimido, por não mais poder ser o roqueiro de outrora. Mas que o Camelo e o Amarante são geniais, são.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: