Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Memórias de minhas putas tristes
20-outubro-2005, 7:34
Filed under: Livros

 mdmpt.jpg

Olha, não esperava nada desse livro. Nada mesmo. ‘Diário de um Naufrago’ foi, pra mim, bastante linear. Não diria chato, mas prolongado. Tal como ‘O Jardineiro Fiel’, sensacionalmente dirigido por Meirelles mas que se arrasta um pouco.

O livro trata de um jornalista que, aos noventa, encontra um verdadeiro amor. Conta suas memórias, suas inseguranças, suas quinhentas mulheres da vida, sua visão de vida chegando ao século de vida.

O livro é bom, bem escrito (ou ao menos bem traduzido) e é um deleite ler. Terminei-o em pouco mais de uma hora. São 127 páginas que fluem com facilidade.

O final é o melhor. Como deveria ser. Um pouco inesperado, pra mim, visto que pensava em outros acontecimentos para o final do livro. Ele termina um tanto rápido, sem muitas firulas – melhor assim.

Taí um livro do Márquez que recomendo a todos.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: