Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Sincronia
17-dezembro-2005, 11:50
Filed under: Abobrinhas

Coisa estranha esse tempo. Ele passa, te faz esquecer certas coisas, certos alguéns, mas depois ele sempre volta a fazer alguém sorrir de algum jeito. Quase seis anos já tinham se passado. Seis anos…

Ele não a via desde logo depois do colégio. Não a via há tanto tempo que me esqueçera dela. Lembrava com saudosismo dos tempos perdidos de colegial, das pessoas que nunca mais tinha visto, dos rostos lembrados e nomes esquecidos.

Volta a rever rostos amigos esquecidos. Volta a lembrar não só com saudosismo, mas com a verdade do momento, da companhia física de pessoas tão queridas e até hoje tão distantes. E também estava lá ela, igualzinha aos velhos tempos.

As trocas de olhar foram idênticas. A sensação foi idêntica. Estranho esse tempo, que nos faz esquecer momentos tão especiais. Ele pensa em voltar a vê-la. Voltar a estar com ela. Lembrando de tempos passados e curtindo tempos presentes.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: