Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Querido diário (5)
21-janeiro-2006, 4:42
Filed under: Hospitalidades

Querido diário,

Ontem foi meu último dia da primeira semana. Até agora não senti nada. Não estou entendendo, pra dizer a verdade. Mas tá bem legal, não posso deixar de admitir.

Ontem cheguei mais cedo que as enfermeiras na clínica lá da Barra. Conhecia algumas delas, que trabalham nas duas clínicas. Dessa vez foi fácil achar minha veia. Também, não tinha aquela outra enfermeira que nunca acha minha veia…

Cheguei em casa e dormi, querido diário. Dormi demais. Dormi o dia todo. Não fiz mais nada.

Ah, aí de noite meu primo me liga e diz que tem uma peça legal pra ver em vinte minutos. Acordo meio bamba, desco rápido e vou ver tal peça. O nome dela é ‘Esfíncter’. Tem atores pelados numa proposta mega-bizarra. Imaginem o resto. Até que não foi tão ruim, querido diário. Foi bem legal. Mas não entendi um nada. Nem me pergunte sobre o que se trata a peça.

Vou ver ‘Dinheiro Fácil’, outra peça que tá passando no SESC de Copacabana. As amigas do meu primo adoraram. Disseram que é bem inteligente. Tem participação grande do público, o que eu não gosto, mas vou ver do mesmo jeito. Não forçam você a participar, o que é bem legal.

Depois comi uma salada César (com acento) no Belcrepes de Copacabana. Convesamos um pouquinho e fomos pra casa. Dormi mais doze horas. Nunca dormi tanto, querido diário.

Acho que é falta do que fazer.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: