Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


A Conspiração da Vinci
28-fevereiro-2006, 7:57
Filed under: Abobrinhas

mp_holy_davinci.jpg

Estão processando o Dan Brown por plágio. Dois autores dizem que ele usou a tese deles para escrever a história dele. Os livros em questão, “O Sangue Sagrado e o Cálice Sagrado” e “O Santo Graal e a Linhagem Sagrada”, teriam tido toda sua ‘arquitetura’ copiada no livro de Dan Brown.

Pera lá, o livro do cara, pelo que saiba, jamais se propôs a descobrir isso tudo. Na verdade, ele mesmo diz, no livro, que existem diversos estudos sobre isso, e, no livro, isso somente é, digamos, confirmado de certa maneira. Mas é aí que entra a ficção. É justamente na caracterização dentro do livro dessas histórias, na transformação dela em algo verdadeiro, que o autor torna o que são estudos e teses em verdade.

Não entendo daonde vem a idéia do plágio. Se existem estudos que dizem que Judas, na verdade, nunca vendeu informações sobre Jesus para os sacerdotes e os romanos, e nunca o beijou para identificá-lo, e eu escrever um livro dizendo que isso é verdade, posso também emputecer a igreja católica, mas não posso ser considerado culpado de plágio. Só escrevi uma ficção baseada em estudos acadêmicos abertos a todos.

Acho que querem um belo trocado. Como sempre. E dá uma publicidade maneira para o filme, que sai em Maio.



As pedras rolantes
20-fevereiro-2006, 7:43
Filed under: Música

Doze detidos, três esfaqueados e mais de quatrocentos atendidos por problemas de calor, bebida e outros problemas. Pra ser completamente sincero, esperava algumas mortes. Até que foi muito pouco para um público de dois milhões enfurnados em Copacabana…

(updeite)

Ah tá…

“Além de centenas de casos de coma alcoólico e brigas, o levantamento dos bombeiros inclui ainda 28 afogamentos, um resgate marítimo, um atropelamento, 200 ocorrências policiais, 33 furtos, três pessoas esfaqueadas e até um parto.”

Um PARTO. Sabia que esse show teria algo de bizarro.

(updeite 2)

[00:35] Took: cara, o keith Richards já morreu, só que nem deus nem o diabo o querem.

Sensacional.



C’mon you Irons!
14-fevereiro-2006, 5:50
Filed under: Esportividades

 

Meu time lindo! Maravilhoso! Espetacular! Que temporada essa! De volta à posição de honra que mereces!

Para um time cotado ao imediato rebaixamento para a segunda divisão do campeonato inglês, vê-lo em sexto, empatado com o Arsenal em pontos, brigando por uma posição nos campeonatos europeus é realmente lindo ver.

Um clube pequeno, do leste de Londres, time centenário que começou com mineradores, chamado de Thames Ironworks FC, mudou depois para West Ham United e desde então tem sido aquele time que todos adoram ver, pela classe mostrada no campo, pelo melhor zagueiro de todos os tempos, Bobby Moore, pela conquista da Copa de 66, na qual o time do West Ham, vencedor da Copa da Inglaterra no mesmo ano, proveu os maiores responsáveis pela conquista. É um clube que mantém as tradições de desenvolvimento do talento local. Chadwell Health, academia de jovens jogadores, é responsável por muitos dos jogadores de seleção que se vê hoje na seleção inglesa.

Defoe, Cole, Campbell, Lampard, Johnson, Terry, Carrick, Ferdinand… todos provenientes, em algum momento, de passagens pela academia de maior prestígio da Inglaterra. E novos talentos, como Reo-Coker, Mullins, Ashton, Etherington, Anton Ferdinand e Konchesky estão a um passo da equipe principal. Mais uma prova do trabalho que esse clube faz.

Pra mim é uma honra torcer por um clube assim. Um clube inglês que mantém sua base em jogadores desenvolvidos internamente, não sucumbindo aos jogadores internacionais que lotam os clubes de todo o mundo. Procuram desenvolver um time britânico de verdade, mostrando o real talento que existe no país, sendo o único clube que põe, jogo após jogo, nove ou dez jogadores britânicos no campo. Nenhum outro clube inglês consegue chegar perto disso.

E olha o West Ham lá, em sexto, provando seu valor no que é considerado o campeonato mais disputado do mundo. É o retrato do trabalho bem feito.

I’m forever blowing bubbles. Come on you hammers!



The torture continues
13-fevereiro-2006, 5:07
Filed under: Hospitalidades

Esse fim de semana senti meus primeiros refluxos, que nada mais são do que uma vontadezinha de talvez, quem sabe, lá dentro, sentir alguma vontade de regurgitar. Mas também foi só isso. Uma tonteirinha aqui, uma dor de cabeça ali, mas nada de muito preocupante ou desgastante. Foram cinco dias de remédios em quatro, e meus leucócitos já estavam baixos. Deve ser a somatória de tudo…

Mas estou muito bem. Tanto é que pude ir à festinha da minha lindíssimazinha no sábado, pude ir ao Maraca e também consegui ir à festa do André no domingo, meu querido amigo do Grajaú que merece todo meu carinho. Outro que também não tem uma vida cor-de-rosa e que merece toda a felicidade do mundo.



Cicle two
8-fevereiro-2006, 7:41
Filed under: Hospitalidades

 

Segundo ciclo começa hoje. Vão ser quatro dias, até sábado, com uma mudança na medicação para que eu faça cinco dias de remédios até lá. Meu leucograma ainda não está com índices altos suficientes, mas pelo menos já dá para fazer o bendito tratamento.

Esperar seria dar tempo para as células cancerígenas se reproduzirem. Então o negócio é começar o tratamento e fazer exames complementares no fim da semana, a fim de constatar como o corpo está lidando com isso tudo. E esperar pra ver.



Resultados preliminares
6-fevereiro-2006, 1:14
Filed under: Hospitalidades

Recebi os resultados do meu exame de sangue, feito sexta-feira, para saber a eficiência do primeiro ciclo de quimioterapia. Meu nível de Beta-HCG, que estava em 1500 quando comecei o tratamento, está em 55. É uma queda significativa, provando que esse veneno é um saco, mas funciona mesmo.

Meu níveis do leucograma, que mede algumas das defesas do organismo, estão baixos. Ninguém da clínica conseguiu contactar o meu médico, mas a médica de plantão está temerosa em começar um novo ciclo agora. Problema é que, se as defesas do organismo baixarem demais, a possibilidade de leucemia aumenta. Better to be safe than sorry, sempre.

Então aqui fico eu, esperando a ligação da clínica para saber se sou convocado para a quimio agora ou se vou ter que fazer alguns exames de sangue para saber os níveis de defesa do meu organismo. A merda é que a espera também dá espaço para as célucas cancerígenas se reproduzirem. Prolonga o tratamento.

É esperar pra ver.

(updeite)

Só vou retomar a quimio amanhã. Isso se, com o exame de sangue que fiz hoje, meu lecuograma der resultados mais positivos. Se não sei lá o que vai dar. Em breve mais notícias.



Minha lindinha
3-fevereiro-2006, 11:19
Filed under: Diatribes

Vieste para esse mundo para me dar alegria. És tudo que sei, tudo o que tenho. Tens todo o meu coração. Para todo sempre.

Seus olhos cintilam como mil estrelas. Seu rosto emana uma beleza absoluta, perfeita. Suas mãos, delicadas e pequenas, se entrelaçam nas minhas – me sinto completo quando dou-lhe a mão para segurar.

Olhar para ti é contemplar o divino. O sublime. Amor é isso, né… é saber, sem a menor sombra de dúvida, que esse sentimento eterno, dominador, intoxicante é ser feliz.

Sou pra sempre seu. Minha vida é dedicar-me a ti. Meus objetivos sempre te incluem.

Não consigo, nem nunca conseguirei, definir o que é que sinto por ti. És a luz da minha vida. O farol presente no meio da tormenta. O norte para o qual aponto meu barco, capenga mas guerreiro, por esses mares inóspitos da vida.

Feliz aniversário, Ana Luiza. Minha lindinha. Te amo com todo meu coração.