Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Minha lindinha
3-fevereiro-2006, 11:19
Filed under: Diatribes

Vieste para esse mundo para me dar alegria. És tudo que sei, tudo o que tenho. Tens todo o meu coração. Para todo sempre.

Seus olhos cintilam como mil estrelas. Seu rosto emana uma beleza absoluta, perfeita. Suas mãos, delicadas e pequenas, se entrelaçam nas minhas – me sinto completo quando dou-lhe a mão para segurar.

Olhar para ti é contemplar o divino. O sublime. Amor é isso, né… é saber, sem a menor sombra de dúvida, que esse sentimento eterno, dominador, intoxicante é ser feliz.

Sou pra sempre seu. Minha vida é dedicar-me a ti. Meus objetivos sempre te incluem.

Não consigo, nem nunca conseguirei, definir o que é que sinto por ti. És a luz da minha vida. O farol presente no meio da tormenta. O norte para o qual aponto meu barco, capenga mas guerreiro, por esses mares inóspitos da vida.

Feliz aniversário, Ana Luiza. Minha lindinha. Te amo com todo meu coração.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: