Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Little gold dude
26-fevereiro-2007, 6:17
Filed under: Abobrinhas

O melhor do Oscar 2007:

– Marty ganhou, finalmente, uma estatueta.

– George Lucas mostrou que Jabba foi inspirado em seu pescoço estranho e sem forma.

– Pequena Miss Sunshine mostrou que filmes independentes engraçados e sensíveis também têm lugar no pódio mais alto do mundo do cinema.

– Descobri que Forest Withaker fez faculdade com bolsa de tenor lírico.

– Fiquei PUTO que o Labirinto do Fauro não ganhou melhor filme estrangeiro. Mas fiquei feliz que o Clint não levou nada.

– O terno azul breguíssimo do Peter O’Toole.

– O Forest sem palavras no palco. Pra quem viu ‘O último rei da Escócia’, imaginá-lo sem palavras é quase impossível.

– A Jennifer Hudson cantando muito, mas muito mais que a Beyoncé e ganhando o Oscar uma semana depois da própria Beyoncé ter dito que seu sonho é ser reconhecida como atriz e ganhar um.

– Ter ficado numa onda cinéfila e ter assistido à ‘King Kong’ (bela bosta), ‘Capote’ (fodaço) e ‘Uma mente brilhante’ (fodaço master).

– O compositor italiano ligando o foda-se e agradecendo em italiano, deixando o Clint pra traduzir, meio sem graça, no palco.

– A careca do Jack Nicholson. Parecia eu, durante a quimio, só que velho e louco.

– Reconhecer, mais uma vez, a chatice incrível da Celine Dion.

– Melissa Etheridge soltando toda sua testosterona ao agradecer no palco pelo seu prêmio.

– O alemão que ganhou melhor filme estrangeiro abraçando toda e qualquer pessoa que passava no seu caminho enquanto caminhava até o palco.

– A musiquinha de ‘saia logo do palco’ agora é mais sutil e calma… pelo menos não deixa o cara lá desesperado pra dizer que ama a mulher e os filhos depois de ter que agradecer pelas novecentas pessoas que o ajudaram a ganhar o prêmio.

Anúncios


Prank
19-fevereiro-2007, 6:01
Filed under: Diatribes

 

A capa da Veja desta semana tem o destaque do crescimento absurdo dos sequestros por telefone. É incrível como eu já tenho pelo menos uns três casos recentes pra contar.

Primeiro foi em 2005, quando estavamos todos da família reunidos numa fragata da Marinha do Brasil durante a posse do meu tio, almirante, da 1° esquadrão da Marinha. Enquanto a cerimonia ocorria sem problemas, como todo acontecimento militar era cheio de pompa, respeito e, acima de tudo, ordem e rigidez. O almirante que deixava o posto de comandante do esquadrão fazia seu discurso de despedida e dava as boas vindas ao meu tio. Meu tio, em sentido de marinheiro, rosto reluzente pelo momento glorioso em sua já gloriosa carreira militar esperava sua vez de fazer o discurso de posse. Minha tia, sempre tão calma, elegante e fina começa a xingar e gritar ao telefone, quebrando um pouco o silêncio do navio. Meu tio, parado, não podia fazer nada a não ser olhar para nós com uma cara de desespero e curiosidade para saber o que tinha acontecido. Minha tia recebera uma ligação dizendo que tinham sequestrado não só meu primo como também minha prima – com direito a nome e local onde eles teriam sido pegos. Isso, depois descobrimos, foi obra involuntária da secretária da minha tia, que ao ser abordada com a seguinte frase ‘tem alguém jovem da família envolvido num acidente aqui’ respondeu ‘O Marcio em Laranjeiras? A Marcela na UERJ?’. Fácil demais. Pouco sabia o babaca que, numa terça-feira às 10 da manhã, minha tia estaria com sua família reunida num barco em Niterói. Depois veio pedir cartões telefônicos pelo trabalho que teve botando medo e irritando minha tia. Vejam só.

No final de janeiro, enquanto viajava para Vitória para ver um amigo e fazer contatos profissionais, minha avó recebeu um telefonema igual. Uma criança gritava ‘vovó! Socorro, vovó! Estão me sequestrando!’. Minha avó pensou em todos os netos e no que mais se assemelhava à voz que escutava. ‘Bruno? É você, meu querido??’. Óbviamente o ladrão adorou e passou a forçar tudo da minha avó. Tadinha, ficou toda preocupada e eu lá, perdendo a linha no rock com meu amigo e a lindíssima Marcela que conheci lá e por quem me apaixonei instantaneamente. Depois de ser acalmada pelos meus pais consegui falar com ela. Perguntei logo ‘vó, a senhora acha realmente que eu, gordo e barbudo desse jeito, gritaria desesperadamente “vovó! Vovó!”?’. Ela riu e tudo ficou bem.

Agora a campeã é a de um amigo meu. Morando sozinho com a namorada, ele recebeu uma ligação dessas. Um menino gritava e gritava, e o bandido o ameaçava de morte. Meu amigo entrou na onde e gritava ‘meu filho! Oh, não! Pelo amor de deus não faça nada com ele! Te dou o que quiser!’. O bandido pediu uma quantia xis, prontamente aceita pelo meu amigo. Depois ele retrucou ‘mas, por favor, não machuca ele não! Preciso de tempo para arranjar o dinheiro!’. Fingindo total desespero, ele continua. ‘Senhor, por favor, preciso de pelo menos umas horas para conseguir esse dinheiro. Enquanto isso, preciso de um favor seu. Meu filho, coitado, tem certas necessidades. Sempre tento fazer o melhor por ele, e peço ao senhor que me ajude nesse momento tão dificil para a minha família. Meu filho não vive sem comer um cuzinho por dia. É o que o deixa feliz. Por favor, me ajude. Dê seu cuzinho pra ele enquanto arranjo o dinheiro. Sei que deves gostar. Peço isso, pelo amor de deus, para amenizar o trauma da criança.’ Claro que o que se seguiu foi um gigantesco acervo de xingamentos do lado do bandido e risos do lado do meu amigo. Podemos viver numa cidade de merda, mas pelo menos nos divertimos.



Richie Rich
9-fevereiro-2007, 6:08
Filed under: Esportividades

 

Lista dos 20 clubes mais ricos do mundo. O estudo baseia-se no na receita obtida através de licenciamentos, venda de ingressos, merchandising e cotas de televisão.

1 Real Madrid – £192.7m
2 Barcelona – £171m
3 Juventus – £165.8m
4 Manchester United – £160m
5 Milan – £157.5m
6 Chelsea – £145.8m
7 Internazionale – £136.3m
8 Bayern Munich – £135m
9 Arsenal – £126.9m
10 Liverpool – £116.1m
11 Lyon – £84.2m
12 Roma – £83.8m
13 Newcastle United – £82m
14 Schalke – £81.1m
15 Tottenham Hotspur – £70.7m
16 Hamburg – £67.1m
17 Manchester City – £59m
18 Rangers – £58.4m
19 West Ham United – £57.3m
20 Benfica – £56.1m

West Ham United é o DÉCIMO-NONO clube mais RICO do MUNDO! Isso sem contar que os acordos atuais de patrocínio (JobServe) e de material esportivo (Reebok) foram assinados na primeira divisão, campeonato abaixo da Premiership. E o estádio do West Ham é o menor dentre os vinte maiores. Se formos considerar o retorno sobre capacidade do estádio o West Ham sobre quatro posições para décimo-quinto.

A Portuguesa de Londres, é? Chupa, Tino Marcos!



2007 promete
8-fevereiro-2007, 10:10
Filed under: Abobrinhas

Começo segunda-feira um curso de interpretação livre do Bernardo Jablonski no Tablado, célebre logradouro carioca d’onde vários globais e estrelas dos palcos e (cof) filmes tupiniquins saíram… não que eu seja o próximo, mas só de poder voltar a participar de coisas teatrais, pra mim, será o máximo.

Quando vivia na Inglaterra tive a oportunidade de fazer teatro e posso com total certeza dizer que foi a coisa mais prazeirosa que fiz em toda minha vida. Já fui um mafioso e um boxeador em ‘Bugsy Malone’ e fui o Maugrim no maravilhoso, espetacular e único ‘The Lion, the Witch and the Wardrobe’… ainda fui understudy (substituto?) do Bugsy Malone, papel principal da primeira peça.

Felizmente o ator principal não passou mal e pude fazer os outros dois papéis – muito mais legais. Um era um mafioso burro demais que acaba sendo morto por fazer tanta merda e o outro era um boxeador campeão que trabalha em um dos ringues da máfia. Divertido demais.

Assistir meu primo renegar uma carreira de informática pra seguir o que seu coração mandava e ir ser ator, primeiro estudando na CAL aqui no Rio e depois fazendo teoria de teatro na Uni-Rio, foi uma prova, pra mim, que nunca é tarde demais para se fazer o que quer. Depois do meu câncer decidi que o quero da minha vida é trabalhar com arte.

Tenho planos de seguir em frente, a todo vapor, com a meu selo/produtora musical e de eventos, quero trazer um projeto maravilhoso de um lindo amigo meu, quero ver se trago à tona minha veia de ator que tanto sinto falta de explorar. Agora sinto que é hora de levar adiante esse meu desejo – mesmo que não dê em nada, ficarei fazendo, uma vez por semana, algo que me alegra muito.

Estou animado com tudo isso que tem acontecido comigo. As coisas vão se ajeitando e, com muito trabalho e dedicação, os resultados virão. Sem a menor sombra de dúvida.