Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Todos os sites estão iguais
16-janeiro-2008, 4:25
Filed under: Abobrinhas

Andei reparando que todos os sites que estão em crescimento, e não têm conteúdo (nem proposta for that matter) fixo estão indo para o mesmo caminho: o super-site-cobre-tudo-e-tem-um-zilhão-de-coisinhas. Aparentemente é necessário, hoje, prover de tudo um pouco se você pretende sobreviver nesse oceano cibernético. Vi que alguns sites estão emulando o G1 (para um lado de menor conteúdo e menos seriedade) e se transformando em sites vale-tudo.

O Limão apareceu há pouco tempo e sabe-se lá o que ele propõe. Tem absolutamente de tudo lá. Acha-se vídeos, fotos, comunidades, notícias, promoções, anúncios, games e provavelmente a cura do câncer. Basta ter saco de procurar.

Acho os comerciaiszinhos deles fantásticos – e pretendo montar algo parecido com aquele da galera com baldes muito em breve. Mas também pode virar meu projeto de Free Hugs no Largo da Carioca aqui no Rio. Um projeto não só inacabado como esquecido e que muito provavelmente jamais será, de fato, feito.

E também temos o Judão, site que de mês em mês entra em total reforma e vira, cada vez mais, um conglomerado de imagens rápidas e coisinhas frenéticas. Uma mistura de informação com entretenimento e pura bobagem. E olha que está no meu roll de ‘notícias’ aqui do Firefox. Com sites como o /Film e Ohnotheydidn’t!, nem sei porque ele ainda está lá. Mas permanece, firme e forte, e um dia surrupiosamente deixará – simplesmente pelo fato de não conter, de verdade, nenhuma informação mega relevante ou nova pra mim.

O Trankera, o Brógui, o Omedi e o Sedentário & Hiperativo ainda são blogs, mas devagarzinho andam se distanciando disso. O Trankera tem inúmeras subdivisões, e não faço idéia como isso aparece num feed normal. O Brógui fica nas bizarrices desse mundinho nosso, apresentando notícias engraçadinhas e interessantes – mas se serão interessantes por muito tempo, isso está a ser decidido por quem acessa o site regularmente (no caso, alguém diferente de quem vos escreve). O Omedi é, de acordo com eles mesmos, ‘o maior expetáculo da internet’. Isso quer dizer que eles têm um bando de inutilidades que atraem a todos – inclusive fotos das Playboys novas. O Chongas se resume à um apunhado de coisas – desde vídeos interessantes a diatribes políticas – e link, claro, para conteúdo adulto. O S&H anda na linha tênue de curiosidades e conteúdo sexualizado. E ainda tem o Ah tri né!, que é, quem diria, um pouco mais do mesmo… além incontáveis outros… é só ter paciência de olhar os ‘parceiros’ de cada site.

Meu questionamento é deveras simples: o que torna esses novos sites faz-tudo originais o suficiente para garantir a volta do internauta? E o que esperar dos novos sites que apreceram agora? Será que teremos a convergência total de fontes de informação e conteúdo, tornando todo e qualquer site uma cópia idêntica do outro?

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: