Lembrança Eterna de uma Mente sem Brilho


Habemus convocation
12-maio-2010, 1:18
Filed under: Esportividades

Poisé. Dungão fez as 23 escolhas. E só tenho uma coisa a dizer.

Falar que não gostar dele, e não gostar de alguma escolha dele, é dar margem para acreditar que não torceremos para o país é demais. Porra, o cara pode se sentir acuado, magoado, simplesmente bolado com o tratamento que damos a ele, mas não pode questionar nossa lealdade e nosso patriotismo.

Gostar da escalação nenhum brasileiro com um mínimo de sanidade conseguiu gostar. Não que esperássemos algo bastante diferente – mas, caralhos, nos tomou de surpresa o fato da seleção ser TÃO FUDIDAMENTE TRAVADA. Se o Kaká se machucar, acabou nosso poder de criação. Estaremos presos à entrada de um Elano ou Júlio Baptista pra ser o meia criador-mor da maior seleção do mundo (fudeu), ou criarmos de supetão uma formação 433 nova, nunca antes usada, com um Nilmar, Robinho e Luís Fabiano se matando lá na frente pra receber passes escrotos dos volantes de sempre.

Olha, tá tudo meio estranho. A convocação foi torta. Tá tudo esquisito. Estamos sem poder de criação, uma seleção de coerência Dunguistica mas que aparenta ser mais quadrada que a Itália em seus piores momentos retranqueiros.

Aposto que ganharemos só porque os deuses do Futebol são escrotos.

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Com a diferença que os cabeças-de-área da Itália jogam MUITO, né…

Comentário por Tuco




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: